Nossos Serviços

Realizamos licenciamento ambiental e serviços em diversas áreas, incluindo mineração, energias renováveis, indústria e construção.


Mineração

A grande amplitude do setor, que envolve desde a extração de saibro, basalto e argilas até de água mineral, faz com que este ramo tenha vital importância dentro do contexto sócio econômico e sócio ambiental, já que afeta diretamente os recursos naturais.

Serviços prestados:

  • Licenciamento Ambiental (L.P. / L.I. / L.O.);
  • Relatórios de Controle Ambiental (RCA) e Plano Controle Ambiental (PCA);
  • Geologia e Pesquisa Mineral;
  • Planejamento e Desenvolvimento Mineiro e Lavras de Minas;
  • Planejamento de Unidades Mineiras e Plano de Recuperação de Área Degradada (PRAD);
  • Acompanhamento Ambiental e Relatórios de Operação da Extração Mineral e Britagem;
  • Plano de Gerenciamento de Resíduos na mineração
  • Detonação de Rochas / Plano de Fogo;
  • Planos de Lavra (PL), Plano de Pesquisa (PP) e Planos de Aproveitamento Econômico (PAE);
  • Relatório Anual de Lavra (RAL);
  • Campanhas de Sondagens;
  • Assessoramento no DNPM;
  • Responsabilidade Técnica CREA (Pedreiras, Saibreiras, Areeiras, Olarias, Rochas Ornamentais e Extratoras de Água Mineral/Potável de Mesa).

 


Emergência Ambiental

O que pode ser considerado como emergência ambiental?

Acidentes (ou ameaças desses) que resultem em malefícios ao ambiente são considerados emergências ambientais.

Vazamentos ou derramamentos de produtos químicos ou considerados como parte da classe dos produtos perigosos, tombamento ou colisões dos veículos de transporte desses produtos, explosões diversas, rompimento de invólucros e barragens industriais de mineração ou de abastecimento, são considerados exemplos de acidentes que resultam em emergências ambientais.

A equipe disciplinar da Ecoreal é composta por profissionais dos setores de segurança, do meio ambiente, da manutenção, do desenvolvimento e aplicação de projetos, de administração, além de uma equipe que estuda e determina a qualidade ambiental.

Essa equipe tem como objetivo colocar em prática um plano de contingência e intervir no caso de acidentes ambientais.

Além disso, a equipe trabalha incessantemente nos estudos e avaliações para poder, de alguma maneira, agir de forma pró ativa na antecipação de quaisquer sinais de acidentes, bem antes que esses se tornem ameaças ao meio ambiente.

Projeto de Recuperação de Área Degradada (PRAD)

O PRAD é um documento que traz medidas para a intervenção, remediação ou redução dos impactos ambientais que são oriundos de projetos que visam reabilitar as áreas degradadas, sejam elas por exploração, acidentes ou vazamentos.

Esses projetos têm o objetivo de estabilizar o local biologicamente por meio do plantio de nova vegetação, além de objetivos de estabilização física e química.

O PRAD deve conter informações, diagnósticos e prognósticos, levantamento de dados e estudos que permitam uma análise completa do estado de degradação ou alteração da área para que as medidas possam ser estabelecidas e adequadas à sua regeneração.

O objetivo do PRAD é restabelecer a integridade às áreas prejudicadas, parcial ou totalmente, por acidentes ambientais.

A integridade das composições químicas, físicas e biológicas dessas áreas contribui para a reversão de seu estado desequilibrado para seu estado natural antes de ser atingida.

Monitoramento aéreo com uso de drones

Depois de implantadas, as medidas de recuperação da área que constam no PRAD deverão ser supervisionadas durante um período de três anos, podendo ou não se prorrogado de acordo com a necessidade e o tamanho da área afetada.

Durante esse período, relatórios de monitoramento deverão ser submetidos à área técnica do IBAMA, no mínimo, a cada seis meses.

O monitoramento aéreo com uso de drones tem como principal vantagem a precisão dos dados coletados em tempo real possibilitando a tomada de decisões quanto às ações a serem tomadas ou alteradas durante, não só a execução do PRAD, mas em todo o processo de recuperação das áreas afetadas por acidentes ambientais, desde a limpeza.

Além disso, os equipamentos aéreos não tripulados têm grande contribuição na fiscalização ambiental, contribuindo para planos de ação preventiva nas áreas que oferecem maior risco.

 


Postos de abastecimento

Gestão Ambiental de Postos de Abastecimento

Os postos de abastecimento são parte das organizações que possuem grande potencial para a contribuição da poluição ambiental devido às substâncias altamente poluentes envolvidas na atividade.

Visto que empreendimentos deste tipo possuem diversas demandas de monitoramento, estudos e manutenções previstas como condicionantes para sua operação, a Ecoreal presta serviços de Gestão Ambiental continua para Postos de Abastecimento para que seja garantido o atendimento de todas as condicionantes da Licença de Operação. Além disso, munida de equipamentos de ponta e profissionais altamente capacitados oferece todos os demais serviços de forma a atender plenamente todas as necessidades do empreendedor.

Serviços prestados:

  • Licenciamento para transportes de cargas perigosas (caminhões) para combustíveis e demais produtos perigosos;
  • Licenciamento ambiental (L.P. / L.I. / L.O.) para postos revendedores novos e em funcionamento, TRR e distribuidoras de combustíveis;
  • Relatórios Anuais e Acompanhamento de Licenciamento (FEPAM);
  • Projeto e Implantação Lavagem Ecológica e Outorga de Poços;
  • Laudos de Cobertura Vegetal e Geológicos;
  • Análise de Compostos Orgânicos e Voláteis (VOC’s);
  • Plano de Resposta a Incidentes;
  • Coleta de Amostras de Água para Análises Laboratoriais (TPH / BTXE / etc.);
  • Sondagem e Avaliação da Contaminação de Solo, Subsolo e Água;
  • Instalação de Poços de Monitoramento (piezômetros);
  • Manutenção das Válvulas de Retenção de Vapores;
  • Remediação por fase livre / residual;
  • Inertização de tanques SASC;
  • Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS)
  • Limpeza de caixas separadoras (CSAO).

 


Energias Renováveis

Energia renovável é aquela originária de fontes naturais que possuem a capacidade de regeneração (renovação), ou seja, não se esgotam. Como exemplos de energia renovável, podemos citar: energia solar, energia eólica (dos ventos), energia hidráulica (dos rios), biomassa (matéria orgânica), geotérmica (calor interno da Terra) e mare motriz (das ondas de mares e oceanos).

Vantagens do uso

Ao contrário dos combustíveis não-renováveis (como os de origem fóssil, por exemplo), as fontes de energias renováveis, no geral, causam um pequeno impacto (poluição, desmatamento) ao meio ambiente. Portanto, são excelentes alternativas ao sistema energético tradicional, principalmente numa situação de luta contra a poluição atmosférica e o aquecimento global.

A Ecoreal esta preparada para atender a demanda ambiental referente a implantação de empreendimentos para geração de energia renovável e conta com parceiros especializados para a elaboração e execução de projetos deste cunho.

Alguns serviços que prestamos dentro desta área são:

  • Licenciamento ambiental;
  • Orientação para projeto e execução de sistemas de captação de energia residencial e corporativa;
  • Laudos de Cobertura Vegetal e Geológicos;
  • Mapeamento aéreo com uso de drone;
  • Topografia.

 


Licenciamento e Soluções Ambientais

No licenciamento ambiental são avaliados impactos causados pelo empreendimento, tais como: seu potencial ou sua capacidade de gerar líquidos poluentes (despejos e efluentes), resíduos sólidos, emissões atmosféricas, ruídos e o potencial de risco, como por exemplo, explosões e incêndios.

Etapas do Licenciamento Ambiental

• Licença Prévia (LP) – Licença que deve ser solicitada na fase de planejamento da implantação, alteração ou ampliação do empreendimento. Aprova a viabilidade ambiental do empreendimento, não autorizando o início das obras.

• Licença Instalação (LI) – Licença que aprova os projetos. É a licença que autoriza o início da obra/empreendimento. É concedida depois de atendidas as condições da Licença Prévia.

• Licença de Operação (LO)
– Licença que autoriza o início do funcionamento do empreendimento/obra. É concedida depois de atendidas as condições da Licença de Instalação.

A solicitação de qualquer uma das licenças deve estar de acordo com a fase em que se encontra a atividade/ empreendimento: concepção, obra, operação ou ampliação, mesmo que não tenha obtido anteriormente a Licença prevista em Lei.

Serviços prestados:

  • Licenciamento Ambiental (LP, LI e LO);
  • Estudos e Relatórios de Impacto Ambiental (EIA-RIMA);
  • Parcelamento do Solo para fins Residências; Loteamentos, Condomínios, Parques, Cemitérios;
  • Aterros Sanitários de Resíduos Urbanos e Industriais;
  • Projeto Básico Ambiental (PBA);
  • Programa de Recuperação de Áreas Degradadas (PRAD);
  • Monitoramento Ambiental, Estudos de Análises de Risco e de Passivo Ambiental;
  • Remediações de áreas degradadas por resíduos urbanos e por combustíveis;
  • Instalação de Poços de Monitoramento (piezômetros);
  • Perícias Ambientais;
  • DueDilligence Ambiental (pré avaliação de áreas ou empreendimentos para fins de valoração de custos de passivos ou impedimentos existentes);
  • Palestras e Cursos Ambientais.

 


Assessoria Jurídica Ambiental

A Ecoreal possui especializada equipe de assessoramento jurídico ambiental, visando oferecer apoio legal à empresa quanto à adequação da mesma segundo a legislação ambiental, assim como representação jurídica junto aos órgãos competentes.

São parte do escopo jurídico ambienta-los seguintes áreas e itens:

Área Administrativa:

  • Direito Ambiental Preventivo ;
  • Defesa em Autuações – anulação | revisão;
  • TCA – Termo de Compromisso Ambiental junto aos órgãos administrativos;
  • Passivo Ambientale Descomissionamento de atividade | Responsabilidades;

Área Cível:

  • Responsabilidade civil no Direito Ambiental
  • Análise dos riscos ambientais nos contratos | Cláusulas Ambientais
  • Assessoria jurídica em Inquérito Civil
  • TAC – Termo de Ajustamento de Conduta
  • Representação e defesa em Ação Civil Pública e demais processos judiciais pertinentes a questões ambientais
  • Pareceres Jurídicos
  • Auditoria legal |verificação do atendimento à legislação federal, estadual e municipal.

Área Penal:

  • Crimes Ambientais;
  • Representação e defesa em processos penais;
  • Transação Penal;
  • Suspensão Condicional do processo;
  • Responsabilidade da Pessoa Jurídica.

 


Gerenciamento de Resíduos

Entende-se por resíduo toda e qualquer matéria que compõe o rejeito de um processo. Em uma industria, tudo que não seja produto final pode ser considerado resíduo. Atualmente, muitos resíduos são tratados como sub-produtos, retornando ao ciclo de produção ou tornando-se insumo para outra atividade industrial.

Todo processo produtivo exige matéria-prima, água e energia. Pensando dessa forma, todo resíduo gerado pode ser considerado como perda ou desperdício de matéria-prima. Uma primeira abordagem para o gerenciamento de resíduos passa pelo uso racional de matéria-prima, água e energia e o reuso-reciclagem dos sub-produtos.

O gerenciamento de resíduos deve basear-se em ações preventivas preferencialmente às ações corretivas e deve ter uma abordagem global, considerando que os problemas ambientais e suas soluções estão determinados não apenas por fatores tecnológicos mas também por questões econômicas, físicas, sociais, culturais e políticas.

Após esgotadas as possibilidades de reaproveitamento e redução na geração de resíduos, os mesmos devem ser encaminhados para tratamento e destinação final adequados. Existem instalações próprias para tratamento de cada tipo de resíduo (sólido, líquido, gasoso), conforme mostra a figura abaixo. Cada tipo de tratamento será detalhado em módulos específicos desta sessão de material didático.

Serviços prestados:

  • Elaboração e execução de plano de gestão de resíduos sólidos (PGRS);
  • Elaboração e execução de plano de gestão de resíduos da construção civil (PGRCC);
  • Recolhimento e destinação de resíduos sólidos e líquidos, perigosos ou não;
  • Licenciamento de transporte de resíduos perigosos;
  • Responsabilidade técnica para transporte de resíduos perigosos.

 


Saneamento e Recursos Hídricos

A recuperação dos recursos hídricos utilizados nas grandes concentrações urbanas mediante seu adequado tratamento corresponde ao desenvolvimento da universalização do saneamento básico, envolvendo principalmente os sistemas públicos de água e esgotos e de coleta e disposição dos resíduos sólidos resolvem a maior parte dos problemas ambientais, aí incluída a preservação dos recursos hídricos, com grandes repercussões na saúde pública e na geração de trabalho e renda

Serviços prestados:

  • Estações de Tratamento de Esgoto (ETE) e Tratamento de Água (ETA);
  • Outorga de Poços Subterrâneos;
  • Outorga de Água Superficial;
  • Anuência Prévia, Regularização e Locação de Poços Subterrâneos e Superficiais;
  • Estudos de Viabilidade de Aqüíferos;
  • Projeto de Barragens para Abastecimento de Água;
  • Projeto de Pequena Central Hidrelétrica (PCH);
  • Projeto e execução de empresas de captação para Água Mineral e/ou Potável de Mesa;
  • Tecnologia de remediação de águas subterrâneas;
  • Limpeza de fossas e desentupimento de linhas de diversos tipos.

 


Infraestrutura e Indústrias

Uma infraestrutura eficiente reduz custos para as empresas e para a população. Para ter uma indústria cada vez mais competitiva, o país precisa ter uma rede eficaz de transportes que interligue os diferentes modais. Ao mesmo tempo, a eficiência logística depende da adequada integração entre eles ao longo dos principais eixos logísticos que transportam bens manufaturados no país.

Solucionar o histórico déficit na infraestrutura de saneamento e garantir o suprimento de energia também devem ser prioridades na agenda de desenvolvimento do Brasil. Os impactos de novos investimentos em saneamento refletem positivamente na qualidade de vida do trabalhador e no desenvolvimento do país. Enquanto isso, reduzir o preço da eletricidade é de fundamental importância para a competitividade industrial.

Serviços prestados:

  • Licenciamento de obras viárias, de saneamento e de linhas energéticas;
  • Monitoramento de intervenção em recursos naturais durante obras;
  • Estudos de eficiência energética;
  • Consultoria para implementação de programas de redução de consumo energético.