Investigação Ambiental

A utilização da ferramenta investigação ambiental, ganha importância quando as organizações realizam operações de associação, fusão, compra ou venda de ativos, seguro, transações imobiliárias e abertura ou aumento de capital, entre diversas outras, nas quais o valor de mercado do próprio objeto das operações é fortemente impactado pelo passivo ambiental ou, mais intensamente ainda, pelas expectativas exacerbadas em torno do mesmo passivo. Quem compra torna-se o titular do ativo e do passivo ambiental.

A confirmação da contaminação em uma área se dá basicamente pela coleta e análises químicas de amostras representativas de solo e/ou água subterrânea, para as substâncias de interesse, em pontos suspeitos ou com relevante indício de contaminação. Em determinadas situações, outros meios podem ser amostrados, como gases do solo, sedimentos, água superficial ou biota.

O processo de investigação ambiental pode ser dividido em 04 etapas:

A Avaliação Preliminar de passivo ambiental, conforme a NBR ABNT 15515-1, que consiste na etapa para identificar a possível existência de passivos ambientais em solo e água subterrânea dentro da área de estudo. Esta avaliação é realizada mediante a coleta de dados existentes e vistoria técnica de reconhecimento da área.

A Investigação Confirmatória, conforme NBR ABNT 15515-2, que consiste na etapa do processo de passivo ambiental, com o objetivo de verificar a existência ou a ausência de contaminação na área objeto de estudo.

A Investigação Detalhada conforme ABNT NBR 15515-3, que consiste na etapa de se quantificar a contaminação, isto é, avaliar detalhadamente as características da fonte de contaminação e dos meios afetados, determinando-se as dimensões das áreas ou volumes afetados, os tipos de contaminantes presentes e suas concentrações, bem como servir de subsídio a avaliação de risco a ser realizada para avaliar os riscos efetivos decorrentes da contaminação e definição da remediação.

A Avaliação de Risco a Saúde Humana para fins de gerenciamento de áreas contaminadas, conforme NBR ABNT 16209, é uma etapa do processo de gerenciamento de áreas contaminadas utilizada para estimar o risco à saúde humana causado pela exposição do homem a uma determinada substância ou grupo de substâncias presentes no meio físico (solo, sedimento, água subterrânea, água superficial e ar) e para estabelecer metas que orientem as medidas de intervenção.

Dentro deste universo, a ECOREAL está apta para prestar os serviços relacionados abaixo:

  • Programas de Prevenção a Passivos;
  • Investigação Ambiental Preliminar;
  • Investigação Ambiental Confirmatória;
  • Investigação Ambiental Detalhada;
  • Avaliação de Risco à Saúde Humana;
  • Avaliação de Risco Ecológico;
  • Projetos de Intervenção;
  • Realização de Sondagens Ambientais;
  • Instalação de Poços de Monitoramento;
  • Coleta de Água Subterrânea (low-flow);
  • Coleta de Amostras de Solo;
  • Realização de Ensaios Hidrogeológicos;
  • Monitoramento de Vapores;
  • Supervisão Ambiental;
  • Gestão de Projetos de Remediação;
  • PRAD – Projeto de Recuperação de Área Degradada.